ASTROTERAPIA


TEMPO DE RELACIONAMENTO

 

Quando o Sol está em Libra o tempo é de repensar as relações – casamento, parcerias, tudo que é feito ou vivenciado a dois. Respeitar o outro na medida do outro, estabelecer uma relação de reciprocidade onde as duas partes se beneficiem igualmente, é o que a energia libriana nos inspira. Tudo isso porque Libra é o desejo de equilíbrio - nem muito ao céu, nem muito a terra. Nada de extremos, pois os extremos não trazem a felicidade. O que conta agora é fazer pelo par, é acionar a inteligência para fazer valer o que favorece a dupla propiciando a abertura de espírito para encarar de frente as diferenças. Essa é a verdadeira filosofia dos relacionamentos - a capacidade de ver com clareza o que cada parceiro (a) pode fazer pelo funcionamento harmônico e equilibrado da relação. O que cabe a cada um numa história a dois, para que haja o respeito e crescimento recíproco.

É no dia a dia da parceria que vamos descobrir na prática porque Eu não sou Você e Você não é Eu. No tempo do Sol em Libra, podemos sentir a energia do outro buscando reconhecer mais conscientemente essas diferenças e a necessidade do respeito aos limites para vivermos melhor qualquer relação.

Eu e Você


Eu não sou você... Você não é eu!
Mas sei muito de mim vivendo com você.
E você sabe muito de você vivendo comigo?
Eu não sou você... Você não é eu!
Mas me encontrei comigo e me vi enquanto olhava pra você.
Na sua, minha insegurança...
Na sua, minha desconfiança...
Na sua, minha competição...
Na sua, minha birra infantil...
Na sua, minha opinião...
Na sua, minha omissão...
Na sua, minha firmeza...
Na sua, minha impaciência...
Na sua, minha prepotência...
Na sua, minha fragilidade doce...
Na sua, minha mudez aterrorizada.
E você se encontrou e se viu quando olhava pra mim?
Eu não sou você... Você não é eu!
Mas to vivendo minha solidão que conversei com você.
E você conversou comigo na sua solidão ou fugiu dela, de mim, de você?
Eu não sou você... Você não é eu!
Mas sou mais eu, quando consigo lhe ver, porque você me reflete...
No que ainda sou,
No que eu já sou e no que eu quero vir a ser...
Eu não sou você... e você não é eu!
Mas somos parceiros, enquanto somos capazes de, diferentemente,
Eu ser eu, vivendo com você e você ser você vivendo comigo.





 

 

 

Essência

Eu não sou Você, Você não é Eu, porque temos essências diferentes. Essência é aquilo que nos designa enquanto seres. Quando reconhecemos a essência, deixamos de lado a aparência, vamos para o essencial. Bob Marley tem uma frase que diz: "Preocupe-se mais com a sua consciência, do que com a sua reputação, porque a sua consciência é o que você é, e a sua reputação é o que os outros pensam que você é. E o que os outros pensam é problema deles." Isso pode nos dar uma idéia melhor do sentido de essência que estou falando aqui. A essência de uma pessoa é algo único nela, é aquilo que se é, o que trouxemos à vida como missão para realizar, e que nos permitindo, poderemos fazer acontecer, com a alma. Realizar com a alma é deixar a essência se expressar de forma única e criativa. Cada um tem o seu jeito de ser e não deve entregar a sua própria essência a nenhum “outro”. Como “Eu não sou Você”, fica difícil querer que eu faça o que a sua essência quer de mim. Como “Você não é Eu” é complicado para você ser ou realizar o que eu quero para você. Se quisermos estabelecer laços verdadeiros um com o outro, precisamos nos tornar, primeiramente, íntimos e verdadeiros com nós mesmos, precisamos respeitar a nossa essência, primar pela consciência. Quando desrespeitamos a essência, deixamos de Ser. Deixando de ser, não crescemos, não enfrentamos os desafios de nos lapidar, não nos provamos competentes, não decidimos nada...




 

 



Sentimento

Eu não sou Você, Você não é Eu, porque temos formas diferentes de sentir nossas emoções e de manifestar através dos sentimentos nossas necessidades básicas. Muitas vezes tentamos menosprezar isso, dissimulando a faceta mais emocional de nossa personalidade somente para agradar os outros. Vivemos num meio social que favorece a competição e a conquista, princípios yang, essencialmente masculina. Para incorporar essa energia de ação, somos cobrados (as) pelo corre-corre da vida, pelas circunstâncias, a não ser tão yin assim, tão passivos (as), tão frágeis. Com isso, vamos jogando na sombra nossa sensibilidade. Para sermos aceitos, nos enquadrar e corresponder emocionalmente ao que os outros esperam, vamos abrindo mão de nós mesmos. Como “Eu não sou Você”, vou precisar compreender minhas mutações e instabilidades para não ficar a projetar em ti, o tempo todo, coisas que são minhas. Não posso cobrar de você o que emocionalmente não pode me dar, simplesmente porque não tem. Como “Você não é Eu”, também precisará aprender a me perceber e descobrir que além de algumas carências dentro da minha sensibilidade, ainda tenho “fases como a Lua".






 

 


 

Pensamento

Eu não sou Você, Você não é Eu, por que temos maneiras próprias de pensar a vida e de criar a realidade segundo aquilo que nos parece. As impressões que criamos do mundo ao nosso redor são peculiares e de acordo como nossa mente registra fatos e informações. Tem gente que tem mente lógica e racionaliza tudo rápido. Outros terão uma tendência maior a pensar com as emoções, confundindo muito facilmente o que pensam com o que sentem. Já outras pessoas terão a mente prática, nada emocional e bastante objetiva. Existem também os impulsivos mentais, que atropelam pensamentos, palavras e ações, são demasiadamente rápidos e, claro, mais impacientes. Como “Eu não sou Você”, pode ser que em muitos momentos eu cometa a falha, de esperar que você dê respostas às situações, semelhantes ao que penso. Isso é um erro e nem sempre será possível, afinal, “Você não é Eu”! Por isso mesmo, vamos ter que nos acostumar a expressar nossos pensamentos da forma mais respeitosa possível um com o outro, para que problemas de comunicação não vão se tornando empecilhos à nossa felicidade.





 

 


Afetividade

Eu não sou Você, Você não é Eu, porque cada um de nós dois tem uma linguagem afetiva, um jeitinho muito particular de expressar o seu amor. Desde cedo aprendemos que não existe vida sem relação. Nos relacionando, vamos descobrindo mais sobre o que fomos, o que somos, sobre o que queremos e o que não queremos na vida a dois. No processo de apaixonamento é que chegamos um ao outro. Nos encontramos mascarados, cada um mostrando o seu melhor – somos afetivos, pacientes, tolerantes, educados, caprichosos... Afinal, estamos vendendo o “nosso produto”. Mas, com o tempo, com a convivência, as máscaras vão caindo e o cotidiano, naturalmente vai dando lugar a necessidade de cada um ser e ver o outro como de fato é, com verdade. Como “Eu não sou Você” vou precisar lhe ensinar, com todo meu amor, que ser romântico, por exemplo, pode ser gostoso e nos propiciar muitos momentos legais. Como “Você não é Eu” e queremos estar juntos, às vezes precisarei experimentar um pouco da sua excentricidade e irreverência. Com o tempo vamos conseguindo sair do controle e do jogo de projeções, para nos aceitar com o que descobrimos que temos e somos. Vamos aprendendo juntos a fazer escolhas, concessões, a “negociar”, porque também não existe relação sem negociação.

 

 

 


Força

Eu não sou Você, Você não é Eu, porque eu não tenho a sua força. Eu tenho a minha força. Nisso somos também diferentes. Temos formas muito individuais de agir para realizar nossa missão e lidar com desafios. Quando não compreendemos bem a energia de ação que nos move, muitos conflitos podem acontecer. Qual é o seu ritmo? O que lhe estimula? Se “Eu não sou Você” natural que você seja mais impulsivo que eu, ou o contrário, que eu seja mais ousada e você mais cauteloso. Como “Você não é Eu”, não adianta ficar forçando a barra, fazendo ou tentando ser o que eu não sou ou não gosto só para lhe ter, lhe prender e agradar. Isso é um grande engano. Essas diferenças não podem fazer com que nos sintamos nem menos nem mais que o outro. Somos apenas individualidades únicas que podem escolher caminhar e crescer juntas. Quando nos distanciamos daquilo que verdadeiramente somos, apegados ou identificados exageradamente com a máscara que usamos para atuar, vamos deixando de ser nós mesmos. Somente nos relacionando e vencendo os desafios inerentes à intimidade, é que nossas máscaras cairão e os aspectos agressivos e competitivos de nossa personalidade virão à tona, também para nos libertar.

 

 

 


Expansão

O que faz você feliz? Ter dinheiro? Viajar? Estudar? Amar? Tudo isso? Apenas isso ou algo mais? Sabe por que também, Eu não sou Você e Você não é Eu? Porque temos anseios próprios para expandir, crescer e ser feliz. Expansão é a necessidade que existe em cada um de nós de ampliar nosso campo de energia, a fim de explorar, conhecer e entrar em contacto com outras realidades. Sabia que existem pessoas que têm medo de expandir? O medo de expansão pode revelar também o medo de crescer, de ousar ampliar os horizontes, porque crescer envolve o risco de sair do lugar comum, de assumir novas responsabilidades diante da vida. Como “Eu não sou Você”, expandir para mim significa experimentar muitas possibilidades que me permitam alcançar a percepção de que existe uma sabedoria possível de me levar além dos limites de mim mesma. Como “Você não é Eu”, te percebo expandindo também, ao ampliar a consciência daquilo que o conhecimento pode lhe proporcionar, no plano intelectual e material. Se nos respeitarmos nesse processo, podemos continuar expandindo numa atitude de confiança e estímulos recíprocos.

 

 

 


Medo


"As pérolas nascem da paciência da ostra, da durabilidade da concha e da
generosidade do mar."

Eu não sou Você, Você não é Eu, porque temos medos, inseguranças e limites internos que nos bloqueiam de formas diferentes. Cada um de nós dois funcionamos, um como espelho do outro. Como “Eu não sou Você”, tem momentos em que miro no espelho que você se transforma à minha frente e consigo ver beleza, capacidade de amar, fragilidade doce, meninice. Mas, nos seus momentos de insegurança e agressividade, só vejo o pior, minhas sombras, reveladas em complexos e frustrações. Como “Você não é Eu”, percebo que naquilo que me faz insegura, encontra-se justamente o que avalio como sendo o seu brilho, a luz que poderia iluminar minha escuridão. Mas, nos meus momentos de rigidez, sinto as farpas dos seus medos lançadas no que tenho de belo, na tentativa de me enfraquecer, me diminuir. Porque tem que ser assim? Reparou que nesse jogo de luz e sombra podemos estar estupidamente sabotando a possibilidade de amor e crescimento que o Universo nos propiciou? Precisamos continuar tentando...

 

 

 


Originalidade

Eu não sou Você, Você não é Eu, porque temos a nossa maneira própria de interagir com o mundo e com outras pessoas, além de nós mesmos. Temos amigos, cultura e tradições, temos as idiossincrasias que nos fazem “loucos” ou originais. Precisamos de liberdade para viver também nossas estranhezas e peculiaridades e ser o que somos dentro da diversidade ao nosso redor. Como “Eu não sou Você” percebo que em mim existem facetas diversas e distintas entre si que ocasionam distâncias maiores de mim comigo mesma, que entre Eu e Você. Como “Você não é Eu”, também tenho que respeitar sua necessidade de interagir na vida nos seus diferentes papéis compreendendo que apenas sou parte de um deles. Eu preciso de liberdade para ir me descobrindo dentro da minha excentricidade e você necessita da sua para ser o que tem que ser e fazer o que é a sua tarefa, de forma única, criativa e livre. Será assim também que as pessoas e circunstâncias ao nosso redor nos ajudarão a descobrir de que forma, cada um de nós dois dará, em algum momento, a sua contribuição social.

 

 

 


Silêncio

Eu não sou Você, Você não é Eu, porque temos nossos próprios sonhos. Porque em tempos diferentes podemos ter um desejo danado de ir além de nós mesmos, uma ânsia de fusão e noutros momentos, apenas vontade de silêncio... Os meus sonhos, anseios, e ideais, nascem da minha essência e se completam com a minha herança – biológica e emocional. Por isso, é natural que, se “Eu não sou Você”, eu tenha meus próprios sonhos e você, os seus. Mas, é muito comum que na simbiose de determinadas fases do relacionamento, eu queira me fundir ou me apropriar dos seus sonhos ou você dos meus. E, de repente, no meio da nossa história, eu já não sei mais separar o que é meu, do que é seu ou do que é nosso. Como “Você não é Eu”, se eu lhe impuser o meu jeito um tanto absorvente e invasivo, pode ser que você comece a querer se proteger, fugindo, se isolando, entrando na sua “concha de silêncio”. Diante disso vou precisar aprender a lhe conhecer e lhe respeitar, principalmente aceitando quando o silêncio para você for uma necessidade tão válida quanto a escolha de se relacionar e de estar mais comigo.

 

 

 


Transformação

Eu não sou Você, Você não é Eu, porque só mesmo cada um de nós dois, com os seus próprios desafios internos, pode sentir do que precisa desapegar, deixar morrer, para irmos nos transformando em seres melhores do que somos. Desde cedo aprendemos que mudar não é fácil. Mas todos os dias a vida nos dá alguma oportunidade de renovação. Onde há morte, há renascimento. Estando vivos morremos também quando aprendemos a desenvolver o desapego. Precisamos desapegar de algumas coisas, conscientes de que elas existem para tornar a vida melhor. Precisamos desapegar de pessoas, porque ninguém é propriedade nossa. Ninguém é eterno e os encontros são oportunidades de nos vermos com outros olhos. Vivemos experiências junto com outras pessoas, temos tarefas a serem cumpridas, mas cada um precisará trilhar seu próprio caminho. Precisamos aprender a desapegar dos afetos, a viver nossos amores sem estar no controle. A finitude é um fato inexorável. Então, que nossas relações sejam um exercício consciente e constante de presença e soltura, para que tiremos de cada experiência juntos, o melhor.

 

Kitah Soares – Filosofia, Astrologia e Tarô para o Autoconhecimento – www.cartasdetododia.blogspot.com- Fones: (85) 8779.8490 e (85) 3234.4992 – Comunidade ASTROTERAPIA – Orkut – Skype kitahs2009.

 

 

 

ACUPUNTURA


A Medicina Tradicional Chinesa é muito mais do que uma prática medica. Consideramos aqui a palavra medica dentro do conceito ocidental que significa "Arte ou ciência de evitar, curar ou atenuar as doenças”. É um caminho de transformação e uma opção de vida. Suas raízes encontram-se fundamentadas no "livro das mutações" (I Ching). Este influenciou a ciência, a filosofia, a arte e toda a sabedoria do povo chinês. I Ching é uma ciência numerologia, onde se classifica todos os eventos nos 64 hexagramas. Também é muito utilizado como um oráculo de sabedoria.


Influenciou o confucionismo, o taoísmo e Budismo na china. A MTC esta baseado em princípios filosóficos da natureza e sua influência energética no ser humano e em suas relações internas e externas, na astrologia chinesa, na compreensão do princípio único (Tao) e sua dualidade energética (yin e yang).
O objetivo das práticas terapêuticas baseadas na MTC, é compreender os fatores que propiciam ao indivíduo o seu desequilíbrio energético; procura estabelecer relações do seu comportamento, alimentação, analisar odores, transpiração, pulso, língua, condições da natureza que esteve exposto entre outras coisas, para determinar qual é o princípio de tratamento a ser realizado. Este tratamento energético pode ser obtido através de diversas práticas terapêuticas orientais.
ACUPUNTURA: técnica de inserir agulhas finíssimas em pontos específicos dos meridianos com o objetivo de restabelecer o fluxo natural de energia (doravante denominada de Chi).
A acupuntura pode ser dividida em sistêmica - aquela que utiliza agulhas no corpo inteiro.
AURICULACUPUNTURA - utiliza a orelha, com agulhas, sementes, esferas e magnetos.


KORYO SOOJI CHIM - insere agulhas nas mãos.
COLORPUNTURA - utiliza as cores.

MOXABUSTÃO: técnica que consiste em aquecer ou queimar os pontos, ativando o fluxo de Chi. Muito utilizado para expulsar o frio dos canais.





 

 


VENTOSAS: técnica que se utiliza de copos que produzem o vácuo sobre uma determinada região (pressão negativa), promovendo assim que o sangue se superfinalize, com isto desfaz a estagnação de sangue. Muitas vezes também utilizado para promover a sangria da região.

MASSAGEM: através de toques, pressões e deslizamentos tem como objetivo ativar o fluxo energético. Há diversos tipos de massagem derivadas da MTC (shiatsu, tui-ná, anma, seitai, jão chi, entre outras).

FITOTERAPIA: através da utilização de plantas, propicia a ativação, eliminação e o fortalecimento do Chi (energia).

FENG SHUI: estudo das moradias tem como objetivo desde escolher o local onde devemos morar até definir o tipo de construção.

I CHING: técnica cabalística que tende através da sabedoria dos hexagramas e sua interpretação, mostrar as opções do caminho a seguir.

ASTROLOGIA CHINESA: através das influências das energias no momento (hora, dia, mês e ano do seu nascimento) tenta ajudar na compreensão da sua personalidade e tendência.

 

 

 

FUNDAMENTOS DA MEDICINA TRADICIONAL CHINESA



Os fundamentos dependem da compreensão da filosofia e do estudo das relações entre o homem - o céu e a terra - Filosofia Taoista.
Tao - É o princípio da unicidade. A palavra Tao, significa literalmente: ”O caminho para a mente espiritual" ou” O caminho para a imortalidade", segundo Lao Tsé. O Taoísmo se utiliza do conhecimento das ciências mítica, cosmologia, Chi Kun, meditação, poesia, filosofia para que o individuo, através do autoconhecimento, se torne um com o universo. O Tao sofreu influência do conhecimento do "Livro das mutações" - I CHING.
O organismo humano tem apenas um comando: os ”espíritos" (shen=psiquismo, mental) e quando este comando falha, a circulação energética do corpo desequilibra-se permitindo a entrada de energia denominada de "perversas", que por serem patogênicas acarretam a doença.
O reequilíbrio, e até mesmo a manutenção energética do organismo, faz-se através de agulhas de acupuntura, que funcionam como verdadeiros eixos ou pivôs, intermediando as energias do alto\baixo ou celestes\terrestres (yang\yin), recebidas no meio pelo homem que se reequilibra ou se mantém equilibrado pela colocação das agulhas nos pontos.


 

CONCEITUAÇÃO DE ENERGIA

Nada poderia existir sem ela. A própria ciência ocidental se baseia em diversos conceitos de energia. Utiliza-se de nomes como: energia solar, térmica, sonora, luminosa. Dentro das práticas orientais sejam elas filosóficas, marciais ou terapêuticas utilizamos a palavra (Chi, ki) para expressar energia. A parte material do CHI é o sangue, embora ela seja invisível e mutável. O CHI esta em constante mutação da energia do céu (yang) para a energia da terra (yin). São estas transformações que fazem as estações mudarem, o ser humano crescer e desenvolver, a ação e a não ação entre outras transformações. Nos seres vivos estas energias fluem por canais (meridianos) é como se a água de um rio fosse o CHI (energia) e o rio os meridianos. Nos seres vivos o CHI recebe diversas denominações de acordo com suas funções.


FUNÇÕES DO CHI (energia)

* Atividade e transformação de todos os movimentos do corpo, voluntários ou involuntários são manifestações de Chi. A atividade do SNC, simpático e parassimpático. Não há processo de transformação sem a presença do chi, seja da alimentação, do sangue e dos fluídos.
* Transporte dos alimentos a serem digeridos ou eliminados, os sentidos por onde flui o Chi nos meridianos são manifestações da energia.
* Manutenção da urina, do sangue, da sudorese e dos fluídos.
* Proteção - Chi protege o corpo das agressões dos agentes patogênicos exógenos.
* Aquecimento - O calor no corpo humano é uma demonstração de vida. Não adianta nutrir o corpo se esta não se transformar em Zhong Qi e se esta não se movimenta. O seu movimento e o seu processo de transformação geram a manifestação de calor. Este é controlado por 3 centros de energia: San jiao, superior, médio e inferior.




 

 

FORMAÇÃO DA TEORIA YIN E YANG




Inicialmente o yin e yang eram utilizados como princípio da filosofia chinesa, da escola que deu origem a medicina natural. O seu estudo estava associado principalmente ao "Livro das mutações - I CHING". Este na antiguidade era usado como oráculo. A transição da relatividade yin e Yan. Quando combinados estas relatividades elas formam os 8 trigramas, que representam tudo o que existe no "céu" e na "terra".
Os 8 trigramas representam os movimentos de mutação do yin e yang. Também representam certos processos na natureza, correspondentes às suas próprias características. Estes 8 trigramas podem representar atributos, símbolos da natureza, função familiar, os meridianos, etc.

PROPRIEDADES YIN E YANG

Yin

Yang

Água

Fogo
Frio
Calor
Mulher
Homem
Noite
Dia
Umidade
Secura
Baixo
Alto
Lua
Sol
Interior
Exterior
Imobilidade
Ação
Sul
Norte
OPOSIÇÃO E INTERDEPENDÊNCIA DE YIN E YANG



Não existe yin se não houver yang. O yin gera yin e o yang gera yang. Para que haja equilíbrio o processo de mutação de yin para o yang deve acontecer, isto é, quando o yang atinge o seu máximo que ele não se volatilize ele deve transformar-se em yang e vice-versa.

Cada vez mais e mais o Ocidente descobre a medicina chinesa, em especial a Acupuntura. A Acupuntura tradicional, que faz parte da medicina tradicional chinesa, admite o organismo humano constituído de um substrato energético formado pela rede de meridianos (são condutores energéticos da energia do corpo) e estruturas conexas que se comunicam com todo o organismo, permitindo o fluxo harmonioso das energias (sopros vitais, força vital) e dos espíritos.
De modo sui generis, a tradição sinomédica conceitualiza os mecanismos das energias originárias do Tao, formando o organismo como o resultado das interações entre as energias Yang-celestes e as energias Yin-terrestres. Conceito inerente a todas as mentes chinesas, o Tao é considerado a Via, Caminho, como também, o método de manutenção da harmonia e do equilíbrio da vida.
Os chineses, também, o adotaram como regra de vida, desde tempos imemoriais datado do surgimento da civilização do "Continente dos Espíritos" (a china), a qual foi o berço da civilização asiática, sede de inspiração e de profunda influência cultural que exerceu no Ocidente, a partir da sua descoberta pelos europeus. Continua exercendo influência com a sua Doutrina (como estilo de pensamento, dialético) e pelo que se sabe dos resultados exuberantes e maravilhosos da prática da Acupuntura, Massagem, Moxa, dietética, Fitoterapia, Tai-Chi, práticas internas e externas das artes marciais, como o Tao Yin, o Chi Kung; o Feng Shui, entre outros métodos clássicos chineses.
O organismo humano mantém-se em equilíbrio perfeito devido à circulação livre e harmoniosa das energias no corpo. Na perda desta, se promove o reequilíbrio pela aplicação de finas agulhas em pontos energéticos dos meridianos, na pele, seguindo-se a base filosófica Taoísta, que permeia a sua prática estabelecida pelos sábios da alta antiguidade chinesa e cujo conhecimento era transmitido verbalmente de geração a geração, do mestre para o discípulo. Mais tarde, toda essa sabedoria foi reunida através da escrita chinesa - os ideogramas (figuras, idéias e grafia) - numa unidade: a teoria e a prática dos ensinamentos do Imperador Amarelo (Huangdi), que teriam sido recopilados num livro denominado "Clássico Interno do Imperador Amarelo".




 

 


A Acupuntura e a Moxabustão foram atribuídas ao Imperador Amarelo considerado o "Patrono das Terapias Tradicionais Chinesas". São métodos dos mais antigos, sendo a acupuntura a ciência da arte de curar e de prevenir doenças mais completa, que se vale de um diagnóstico próprio e peculiar das energias através de técnicas especiais do exame do pulso radial, da língua. Além do recurso terapêutico e instrumental específico, como as famosas e finas agulhas de acupuntura, que são picadas em pontos cutâneos especiais da pele para prevenção e cura do doente e da doença.
A acupuntura pode ser associada a outras modalidades de tratamento, como a alopatia, homeopatia, ortomolecular, estimulação elétrica, magnetismo, florais, entre outras. Quando se associam tais terapias à acupuntura, obtém-se um aumento considerável do efeito curativo sobre o organismo.

ACUPUNTURA NO BRASIL

A acupuntura chegou ao Brasil através dos imigrantes orientais. Porém, o estudo e a prática metodizados iniciam-se em 1950, com o Prof. Frederich Spaeth, que após o primeiro curso de acupuntura em São Paulo e no Rio de Janeiro fundou, juntamente com seus ex-alunos, a Sociedade de Acupuntura e de Medicina Oriental, em 1961. Ainda atuantes o Dr. Evaldo Leite, Dr. Rui Cordeiro e Dr. Orley Dulcetti Junior formam a diretoria da ABA - Associação Brasileira de Acupuntura, a primeira e a mais antiga instituição de acupunturado Brasil, da qual faço parte e atualmente curso o Post graduação em Acupuntura.

CONTATO: Dra JEANNETTE DE FREITAS ALENCAR
PSICOLOGA, ACUPUNTURISTA, TERAPEUTA FLORAL, TERAPEUTA AYURVEDICA E MASSOTERAPEUTA COM 30 ANOS DE CONHECIMENTO E EXPERIÊNCIA.
LOCAL de atendimento: BEACH SPA - RUA DA PRAIA (VIZINHO AO HOTEL MOSQUITO BLUE)
FONE: (88) 3669-2074 \ 9614-6374 (85) 9974-5197

 

 

 

ESTÉTICA


CUIDADOS DA PELE

A origem da palavra "estética" vem do grego, “aisthésis” e significa “percepção, sensação”. Para a época, a estética era a filosofia que estudava a capacidade das coisas de serem belas e da reação do homem diante dessas belezas na arte no geral: pintura, literatura, escultura.
Com Aristóteles, Platão e Plotino, a estética passou a ser estudada juntamente com a lógica e a ética, integrando os conceitos de que o bom, o belo e o verdadeiro levariam em conta determinados valores morais.
Os egípcios são outra prova de que a estética não se resignava somente nas pinturas corporais, mas nas artes também. As pirâmides e os templos criados na época serviam não somente de mausoléus para os faraós, como também de embelezamento das paisagens do deserto.

A estética foi levada adiante em todos os cantos do globo terrestre como uma forma de expressão de arte e forma de ornamentos de rituais de beleza. Os ornamentos passaram com o tempo a ser aplicados não somente a paisagem, mas também a ser humano através da moda e através da estética no sentido atual, de manutenção do próprio corpo.

Hoje, a saúde e a beleza são fundamentais para o bem-estar pessoal, e, portanto, cada vez mais as pessoas procuram se tratar com essas especialistas. Além disso, o consumidor exige ser tratado por quem entenda do assunto profissionalmente.

A aparência das pessoas influencia os relacionamentos tanto pessoais quanto profissionais, mas em particular contribuem a aumentar a auto-estima de cada um. Por isso è essencial cuidar do próprio corpo diariamente, com a ajuda de profissionais da área, tanto de estética quanto de massoterapia, e com a manutenção em casa.





 

 

 

CUIDADOS EM JERICOACOARA


Foto: Cleison Silva

Aqui em Jericoacoara temos que dobrar os nossos cuidados! Sol e vento, mais intenso nesses meses de final de ano, contribuem para o ressecamento de pele e cabelos. Mas disso vamos falar mais para frente. Agora vamos conhecer essa profissão tão linda e tão rica.
Esteticista è o profissional de estética e responsável por cuidar da saúde do corpo e da pele, voltando-se para o bem-estar físico das pessoas. Esteticistas se preocupam com limpeza da pele do rosto e do corpo, dos cabelos, por meio de esfoliação, hidratação, nutrição e correção de pequenas imperfeições.
Uma esteticista deve ter plena consciência da importância que tem para seus pacientes, já que a beleza é sinal de bem-estar consigo mesmo. Por isso, antes de qualquer coisa, é necessário que o profissional tenha gosto pelo que faz, e conhecimentos científicos e anatômicos do corpo humano. Além de noções de cosmetologia e princípios ativos de cada cosmético. O profissionalismo da esteticista se percebe não somente pela postura nos atendimentos, a roupa usada, o carisma no atendimento, mas também pelo interesse que demonstra para a própria área através de participação a cursos técnicos, feiras e eventos organizados na área.
As esteticistas podem atuar nas mais variadas áreas dentro da profissão. Isso depende do local de trabalho e da preferência da profissional, porém, é necessário que se conheçam todas as técnicas. As especialidades e técnicas mais avançadas na área da estética são:

• Hidratação do rosto e do corpo, através de higienização, esfoliação e aplicação de mascaras e cremes segundo o tipo de pele.

• Peelings, de diamante ou de cristal servem para esfoliar a pele profundamente, eliminando a camada mais superficial de impurezas, aquela epidérmica. Alem disso varias sessões de peelings ajuda na atenuação de estrias, cicatrizes, recuperação de acne, manchas da pele.

• Diversos tipos de massagem: desde a massagem anti-estresse, para o relaxamento da pessoa, até a massagem modeladora (massofilaxia) para moldar e levantar as áreas mais flácidas do corpo e a drenagem linfática, cujo conhecimento è essencial para quem trabalha nessa área. Essa massagem permite a eliminação dos líquidos retidos e para desinchar as áreas mais comprometidas.

• Crioterapia e Termoterapia. A primeira se serve de bandagens terapêuticas frias aplicadas no abdômen ou coxas do cliente, com o principal objetivo de reduzir medidas. Já a segunda è o oposto. Ela utiliza na grande maioria dos casos uma manta térmica que permite combater a retenção de líquido para a perda de medidas.

• Tratamento de gordura localizada, tratamento de celulite e flacidez, através de um trabalho conjunto com aparelhos de estética avançada: ultra-som estético para a eliminação das células de gordura, endermoterapia para efetuar uma depressomassagem drenante modelando o corpo e eliminando os líquidos retidos e eletroestimulação russa, para combater a flacidez muscular e conseqüentemente a flacidez tissular, da pele.

• Tratamento de rejuvenescimento e rugas, através laser e luz pulsada.

• Tratamento de acne inflamatória com o uso de cosmético adequado.

Todos esses tratamentos são disponíveis em Jericoacoara, porque o nosso objetivo è fazer com que o turista continue cuidando da própria aparência durante as férias, e o morador não esquece que todo cuidado è pouco nesse vilarejo beijado pelo sol 365 dias ao ano!



 

 



Cleison Silva

Os cuidados com o sol devem ser tomados em todas as estações do ano e não somente com a chegada do verão, porque aqui todo dia è verão! A exposição excessiva ao sol pode danificar a pele, levando a alterações de DNA que são irreversíveis, como tumores de pele. Além disso, o sol pode causar queimaduras e insolação - desidratação causada pela exposição exagerada e sem proteção ao sol.
Para as queimaduras, o correto é usar algum hidratante no local atingido e, em casos mais graves, procurar ajuda médica para a indicação de um produto específico. De qualquer forma, é proibido o uso de remédios caseiros, creme dental ou café para o tratamento da queimadura!!
Para evitar problemas, é indispensável à aplicação de filtros solares, de no mínimo FPS 30, em todo o corpo, independente do tipo ou cor da pele. O fator de proteção solar que você for escolher tem que ter proteção não somente contra os raios UVB de onda media, mas também contra os raios UVA de onda longa, normalmente indicada nos protetores solares em percentual. Mas qual è a diferencia? A radiação UVB è parcialmente absorvida pelo ozônio da atmosfera e a sua parcela que chega a terra è responsável por danos à pele, porem os raios que chegam com 99% à superfície da Terra são de tipo UVA. O protetor deve ser aplicado com uma antecedência mínima de 30 minutos antes da exposição ao sol e reaplicado a cada 2 horas ou após sair da água. Os horários mais indicados para tomar sol são antes das 10h da manhã e após as 16h.
O sol tem que ser tomado na medida certa! Sabia que tomar pouco sol, também prejudica a aparência da pele? O sol da manha, aquele tomado antes das 10 horas, proporciona uma corzinha saudável e è fundamental para que o organismo produza vitamina D, essencial para a fixação do cálcio nos ossos!

Alem disso não se esquece que è fundamental, pelo menos uma vez por mês, visitar a sua esteticista e fazer uma hidratação profunda da pele, do rosto e do corpo também!
Você não esta tendo tempo? Siga essas dicas para fazer uma limpeza caprichada em casa:

• Limpe a pele e remova a maquiagem, usando algodão embebido em demaquilante, um que também possa ser usado na área dos olhos.

• Lave o rosto, o pescoço e a região próxima ao couro cabeludo com sabonete facial neutro, ou próprio para seu tipo de pele. Você pode usar a ponta dos dedos ou uma bucha especifica. Enxágüe com bastante água fria.

• Espalhe esfoliante fazendo movimentos circulares, principalmente na zona T (fronte, nariz e queixo). Aqui uma boa e velha receita de peeling caseiro: mistura uma colher de sopa de açúcar e suco de limão: alem de remover as células mortas, ajuda a clarear a pele. Enxágüe e seque dando suaves batidinhas com uma toalha macia ou de papel.

• Cubra o rosto com a mascada e retire.

• Aplique o tônico facial.

• Finalize aplicando um hidratante com fator de proteção solar 30 (ou superior).


Marta Galli

Venha me visitar e lhe darei mais dicas! Meu Day SPA “Mais Você” fica na Rua Principal, 184 de Jericoacoara. (88) 9918.0096
http://artedobemestar.blogspot.com
http://belezafaidate.blogspot.com

Quando me mudei para Jeri estava em busca de paz e autoconhecimento. Nada melhor do que entrar no maravilhoso mundo da massoterapia. Comecei meus estudos com a Professora Jeannette Alencar que me ensinou a técnica básica da massagem indiana ayurvédica, uma massagem de origem milenar cujo objetivo è propiciar relaxamento e bem-estar profundo. Continuei meus estudos mudando o meu foco para a área do relaxamento e modelagem corporal. Apaixonei-me pela estética e por isso, sempre participo de jornadas, simpósios e eventos regionais de estética!









 

 

MANDALAS


GEOMETRIA SAGRADA

Mandala é a palavra sânscrita que significa círculo, uma representação geométrica da dinâmica relação entre o homem e o cosmo. De fato, toda mandala é a exposição plástica e visual do retorno à unidade.
Originalmente criadas em giz, as mandalas são um espaço sagrado de meditação. Atualmente são feitas com areia originárias da Índia. Normalmente divididas em quatro secções, pretende ser um exercício de meditação e contemplação. O objetivo da arte na cultura budista tibetana é reforçar as Quatro Nobres Verdades. As mandalas são consideradas importantíssimas para a preparação de iniciadores ao Budismo, de forma a prepará-los para o estudo do significado da iluminação.
Assim como a Terra se purifica com água, vento e chuva, também nós necessitamos de nos purificar para nos prepararmos para a nossa própria transição individual.
Uma forma poderosa de fazer-lo é usando a Geometria Sagrada. A ciência já provou há muito tempo que os nossos corpos são sistemas geometricamente desenhados. O nosso subconsciente reconhece os símbolos que têm sido usados desde tempos imemoriais. Apesar das nossas mentes conscientes não os entenderem, e mesmo achá-los estranhos, a Geometria Sagrada tem um efeito poderoso no nosso estado mental e também no nosso corpo físico.

CÍRCULO MÁGICO


Purificação

Esta mandala vem com as cores violeta e índigo, que trazem as vibrações mais poderosas da espiritualidade. O violeta é conhecido por seu poder de transmutar fluidos negativos em positivos. Estimula os sonhos, a intuição, o uso de oráculos e a investigação dos mistérios espirituais. O índigo também é uma cor de característica corretiva. Sua atuação é a mais elevada na escala das cores, sendo superior ao violeta. Limpa, energiza e fecha as saídas de energia.
Observe esta mandala enquanto visualiza a Chama Violeta transmutando as negatividades de seus corpos físico, emocional e mental.


Ação

Esta mandala traz a energia do vermelho, cuja vibração é ativadora.
Estimula o dinamismo, os ideais, a coragem, a liderança e a paixão.
É formada por triângulos, que são símbolos de elevação e do elemento Fogo.
Ativam nossa ligação com a energia trina da expansão, a influência sobre a matéria, conquistas, atenção e determinação. Os triângulos por sua vez formam cubos, símbolos do elemento Terra, cuja base numérica é o número 4: concretizações, trabalho, organização, solidez, construção.
Assim criada, a mandala nos ajuda a concretizar projetos e criações. Geram em nosso interior as qualidades necessárias para uma estrutura material sólida e organizada. Observe-a enquanto reúne forças para realizar suas metas.


Mandala do Reino Vegetal


Mandala Barroca





 

 

 


Invocação Água

“Eu a tomo, a Água da Vida.
Eu a declaro Água da Luz.
Quando a trago pra dentro de meu corpo
Ela faz com que meu corpo resplandeça.
Eu a tomo, a Água da Luz.
Eu a declaro Água de Deus.
EU SOU um Mestre, é tudo o que EU SOU.
(do livro O QUE É CORPO DE LUZ)


Mandala do Equilíbrio

A ênfase vibracional desta mandala está concentrada no que traz equilíbrio, harmonia, paciência, tranqüilidade. Sua base numérica é o número 6, que contém em si dois triângulos. Está ligado ao conceito de associação, estimula uniões e conciliações. A cor azul é calmante, equilibrador e pacífica. Gera afeto e bons sentimentos. A vibração do verde é especialmente curativa. Traz amor e amizade, integra corpo e espírito. Cria um campo energético de proteção e impede a chegada de energias mal qualificadas.
Observe esta mandala e respire profundamente, enquanto seu equilíbrio físico, psíquico e emocional é restaurado.


Criatividade

Todos nós possuímos um potencial criativo ilimitado, e é preciso cultivá-lo para gerar abundância. Esta mandala traz cores estimulantes - vermelho, laranja e amarelo - que abrem o favorecimento para realizações materiais, nos dão coragem e segurança, despertam o dinamismo e a alegria.
A energia do número cinco é atrativa e magnética, se encarrega de atrair o que é leve, o que liberta e o que permite sair das limitações. Além disso, a estrela de cinco pontas é um dos símbolos da magia da mãe terrestre, a deusa da natureza. Observe esta mandala e lembre-se de que você tem o poder de criar soluções.

“Eu irradio a Expressão Divina.
A centelha da criatividade é a centelha da vida.
EU SOU o mestre artesão de minha vida.
Crio visões do planeta na luz
E, veja, a luz existe.
Eu pinto retratos de pessoas afetuosas
E, vejam, há mais amor no mundo.
Eu canto o movimento do Espírito
E, “vejam, EU SOU a fluidez”.


Êxtase

Esta mandala representa o final de um ciclo e o início de outro, quando se atinge o êxtase e a iluminação. Demonstra estruturação sólida e crescente. É a reorganização do ego depois de sua dissolução, a ligação com o divino, a projeção da realização, da conquista e do agradecimento.


Amor Incondicional

Esta mandala traz as cores da Chama Trina: rosa (Divino Amor), dourado (Divina Sabedoria) e azul (Divino Poder). A energia do número nove traz do plano divino emanações que atuam acentuadamente no mental, gerando condições especiais para que a alma possa se fortalecer. O nove também está ligado ao conceito de especial, representa tudo o que é alcançado depois que se mostra determinação e se dá o tempo necessário.
Observe esta mandala e mentalize o chacra cardíaco se expandindo para irradiar amor. Visualize a Chama Trina intensificada, permeando cada célula e molécula de seu corpo. Amando a tudo e a todos estamos amando a nós mesmos, pois somos todos um.


Cura

"A energia da Cura te ajuda a curar a si mesmo primeiro, depois do que passará a curar o que estiver a sua volta, como uma pedra na água."

A cura quem nos dá não é Deus, não é Buda, não é Alá, não é Jesus, não é o médico, o curandeiro, o vidente, o remédio, o passe… quem nos cura não está fora.
Nós nos curamos, quando compreendemos nossas mágoas, nossos medos e nossas culpas. Quando conscientizamos nosso interior, quando integramos nosso corpo com nossa essência divina. Quando assumimos nossa responsabilidade por nós mesmos e com um intento forte nos comprometemos, nos ocupamos, com disciplina, a cuidar de nós mesmos. Cura e expansão de conciência caminham juntas!
É ilusão achar que quando o problema é solucionado apenas no corpo físico, está tudo resolvido. Se não houver compreensão das distorções mentais e emocionais que desequilibraram o corpo, a doença retornará no futuro. Ela é apenas um sinal de que algo vai errado, uma oportunidade de crescimento. Um médico ou um terapeuta pode nos ajudar nesse sentido, mas a disposição para a cura tem que vir do paciente.
Se nosso corpo está centrado, todas as forças se movem a partir do centro. Respiramos pelo abdomem e nos movimentamos com facilidade. Se nossa mente está centrada, não somos escravos dos nossos pensamentos e nossa mente é livre. Se nosso espírito está centrado, estamos em conexão com o todo e tudo parece mágico, porque reina a alegria, a fé, a paz e a sincronicidade.
Então, toda a nossa vida tem significado e não há razão para temer doenças.


Perdão

"A energia do Perdão te ajuda a encontrar forças para perdoar a si mesmo por qualquer julgamento que se impôs. Se perdoe porque você age em acordo com o conhecimento que obteve até aquele momento. Não há erros.
O “perdão mostra que não há nada a ser perdoado.”



 

 

ABRIR O CORAÇAO




Mandala é ponte para dimensões superiores;
Nos revela nosso Eu, nos leva ao centro de nossa consciência;
Nos revela a nossa Essência, nos lembra a Fonte Divina;
Mandala é energia e movimento;
É totalidade, integração e harmonia;
É o fim e o começo;
Mandala é morte e renascimento.

 




Home - Turismo - Editorial - Nativos - O Paraíso Encantado - Cultura - Matérias - Newsletter

1º Edição 9/05/09 - 2º Edição 9/06/09 - 3º Edição 9/07/09 - 4º Edição 9/08/09 - 5º Edição 9/09/09

©2009 - Todos os direitos reservados Alejandra Traverso - Jericoacoara - Ceará - Brasil