"Jericoacoara"
Informações
Rota das Emoções - Jeri - Delta - Lençóis
Informações

 

SECRETARIA MUNICIPAL DE TURISMO E MEIO AMBIENTE
 

Jijoca de Jericoacoara apresenta singular patrimônio natural e cultural que possibilita vida agradável para os seus moradores, sendo motivo para atrair anualmente milhares de turistas brasileiros e estrangeiros. Realizar a gestão integrada do meio socioambiental e do turismo, promovendo o uso consciente deste patrimônio, é o principal objetivo da Secretaria, implantada em 1° de janeiro de 2009. o trabalho realizado visa o desenvolvimento sustentável através de projetos, a partir de um planejamento participativo, inclusão social, educação ambiental e para o turismo, fortalecendo o exercício da cidadania.

Secretaria de Turismo e Meio Amtiente: jijocasectur@yahoo.com.br

 
INFORMAÇÕES
 

 

JERICOACOARA: O nome "Jericoacoara" deriva do tupi-guarani yuruco (buraco) + cuara (tartaruga), ou seja, ‘buraco das tartarugas” – devido à ocorrência de desova de tartarugas marinhas na praia. Segundo antigos pescadores, no entanto, o nome vem do formato do Serrote que, visto de alto mar, lembra um jacaré deitado, ou, numa expressão local, um jacaré quarando ao sol. O termo teria originado o nome do lugar: Jacarequara que com o passar do tempo transformou se em Jericoacoara.
<Mapa Jericoacoara>

CLIMA: é tropical, quente e úmido, com temperaturas médias entre 35°C e 22°C. A estação das chuvas e período de formação das lagoas vai de janeiro a junho, quando a temperatura é mais amena e a vegetação vibrante e florida. A época dos ventos é de julho a dezembro, com até 40 nós nos mesmos meses de agosto e setembro.

  Jericoacoara  

Vicente Pinzón

 

HISTÓRIA: Em 1499 o navegador Vicente Pinzon, capitão de uma das caravelas de Cristovão Colombo, aportou nas águas de Jericoacoara. Porém, este registro não pode ser oficializado em virtude do Tratado de Tordesilhas que entrou em vigor naquele mesmo ano. No século XIX deu-se inicio à ocupação ao redor da Lagoa de Jijoca em um lugar chamado Paraguai por agricultores que fugiam da seca e do fim da economia do couro. Nesse período a comunidade foi elevada à categoria de vila e implantou-se o Farol de Jericoacoara.
Em 4 de junho 1990 a sede distrital foi transferida para Jijoca de Jericoacoara, que em 6 de março foi elevada a categoria de município. Jijoca é a sede do município e concentra os principais serviços bancários, correios e comercio. É o principal ponto de apoio para conhecer a Lagoa do Paraíso, com boas opções de meios de hospedagem e restaurantes.
A chegada da luz elétrica foi há pouco mais de dez anos com uma rede subterrânea. Os moradores optam pela ausência de iluminação publica, sem postes. Manteve-se assim o brilho natural da lua e das estrelas e o charme dos jantares a luz de velas e pés na areia.
Jeri dispõe de uma qualificada rede de hospedagem, bares e restaurantes. A oferta vai do rústico ao moderno, do simples ao requintado. No por do sol as disputadas barracas de caipirinhas se instalam na Rua Principal, próximas à praia e servem drinks de cores e sabores diversos. O agito é garantido todas as noites, ao som de forró e ritmos variados.
 

 

RELIGIÃO: Até a década de 1960 os habitantes do vilarejo que iniciou a cidade assistiam às missas e novenas na capela de uma comunidade vizinha. Em 1963 os moradores deram inicio à construção da igreja da Santa Luzia, inaugurada no ano seguinte em 13 de dezembro, dia de Santa Luzia, padroeira do município. A data é comemorada todos os anos em grande festa que atrai milhares de visitantes. A Igreja de Jericoacoara, também conhecida por ‘Nossa Senhora do Rosário de Fátima’ ou ‘Igreja Nossa Senhora da Consolação’, a construção muito simples foi erguida com pedras do Serrote pelos próprios moradores. De sua torre tem-se vista panorâmica da eseada.
CULTURA e ARTESANATO: O povo alegre e hospitaleiro acolhe de braços abertos os que vêm e se apaixonam pelo lugar! A população é de aproximadamente 16 mil pessoas e cerca de 70% vive na área rural. Permanecem vivas as tradições culturais como o artesanato, o forró, as festas juninas e a pesca artesanal. A gastronomia típica é saborosa e variada: peixes, frutos do mar, panelada, galinha caipira, baião de dois, pastel de arraia, tapiocas doces e salgadas, cocadas, torta de banana, doce de caju e muito mais. O turismo é a principal atividade econômica além do comercio, da pesca e da agricultura de subsistência (caju, mandioca, feijão e milho).
  Igreja Nossa Senhora do Rosário de Fátima ou Igreja Nossa Senhora da Consolação

Capoeira na Praia de Jericoacoara

A diversidade cultural de Jeri tem grande expressão em suas artes. O trabalho de artesãos, ourives e artistas plásticos é autentico e espalhado por suas ruas e becos. Os materiais refletem um mundo de possibilidades: metais, cabaças, cocos, palhas, conchas, sementes, linhas, tecidos, pedras, couros, materiais reciclados. Muitos outros artistas enriquecem e dinamizam a cultura local. Seja com residência fixa ou só de passagem, fotógrafos, músicos e artistas de rua compõem a face multidiversa de Jericoacoara.
Jericoacoara conta com um centro de Artesanato, local amplo onde são realizados cursos e comercializados produtos de vestuário, moda praia, acessórios e decoração em técnicas de crochê, cipó, talo de carnaúba, palha, coco, bambu, conchas, bordados, pintura em tecido, entre outros. Conheça também o trabalho da Associação de Crocheteiras Mundo Jeri, um projeto social de inclusão e valorização da cultura do local. Horário de atendimento: segunda à domingo das 7h30 às 11h30 e das 13h30 às 17h30. Endereço: Rua Nova Jeri, s/n. Informações: (88) 9969-0793 Elivanda.
 

A DUNA DO POR DO SOL: Um verdadeiro ritual é praticado diariamente nos finais de tarde em Jeri. É quando todos sobem a duna para avistar a magia do astro-rei se pondo no mar. Jericoacoara é um dos únicos lugares do Brasil que permite esse espetáculo, sempre acompanhado pela salva de palmas de seus espectadores. Esta duna já atingiu 50m de altura e, por ser móvel, com o passar do tempo e a força dos ventos está caminhando ao encontro do mar.
EXPERIMENTE:
Caminhar pelas praias, dunas e Serrote faz bem pra alma e para o coração. A paisagem leva longe! Na praia, aulas e rodas de capoeira no fim do dia com a energia do por do sol; Praticar caiaque nas águas calmas da praia de Jeri ou da Lagoa do Paraíso. Integrar os times mais globalizados do mundo e jogar futebol na areia; Surf! A praia de Jeri é perfeita para os iniciantes e praticantes do longboard. As ondas maiores estão na praia da malhada; No fim de tarde, subir a duna do por do sol para em seguida descê-la de sandbboard ou esquibunda. A adrenalina é garantida.

Pôr do Sol em Jericoacoara  
Informações do Parque Nacional de Jericoacoara
MEIO AMBIENTE
INFORMAÇÕES TURISTICAS

POSTOS DE INFORMAÇÃO TURÍSTICA:

Em Jijoca: Avenida Manoel Teixeira Marques
Horário de atendimento:
8 às 20h.
Em Jericoacoara: Rua Principal, s/n
ICMBio:
Rua Praia da Malhada, s/n
Jericoacoara Fone: (88) 3669-2140
parnajericoacoara.ce@ibama.gov.br

SECRETARIA MUNICIPAL DE TURISMO E MEIO AMBIENTE

Rua Nazaré Vasconcelos, s/n
Centro – Jijoca de Jericoacoara
Fone: (88) 3669-1401
Horário de atendimento: 7h30 às 17h30

TELEFONES ÚTEIS:

Correios: (88) 3669-1135
Hospital: (88) 3669-1299
Posto de Saúde: (88) 3669-1299
Delegacia: (88) 3669-1290
ICMbio: (88) 3669-2140
SEMACE: (85) 3101-5522
Conselho Tutelar: (88) 3669-1213
Ass. de Condutores de Jijoca: (88) 9629-0868

AGÊNCIAS BANCÁRIAS

BANCO DO BRASIL:

Endereço: Avenida Manoel Teixeira
Fone: (88) 3669-1140
Horário de atendimento:
9h às 12h (agência)
9h às 17h (auto-atendimento)

 

CAIXA ECONÓMICA FEDERAL:

(posto de atendimento na lotérica)
Endereço: Avenida Manoel Teixeira
Fone: (88) 3669-1640
Horário de atendimento:
Seg à sex 7 às 12h e das 13 às 17h30
Sab das 8 às 12h

BRADESCO:

(posto de atendimento nos Correios)
Endereço: Avenida Manoel Teixeira
Fone: (88) 3669-1135
Horário de atendimento:
8 às 12h e das 13 às 16h




Reservas on-line - Jericoacoara

Web Contents

Fortaleza
©2006-2017 - Todos os direitos reservados Portal Jericoacoara - Ceará - Brasil